Buscar

Volta ao mundo

Como eu amo os amores e as cidades bonitas. Fazer a mala com poucas peças, chegar na cidade bonita, jogar a roupa no chão do mundo. Ah!, como eu amo os amores e as cidades bonitas, que ora a gente mora, ora a gente fica nu.

Posts recentes

Ver tudo

Banquete

vivemos desejando mais o que não temos do que o que temos. como quem chega a um banquete e só lamenta de não conseguir provar todos os pratos da mesa.