Buscar

Forças gravitacionais

Uma cena de amor: Eu te ligo e dá ocupado. (Não para o amor, que no amor não há limites de ocupação). Há alguém na linha com você. E eu acho isso compreensível. Quem não gostaria de estar Na linha com você? Então eu espero Desfrutando esse pensamento: “Eu amo uma pessoa amável”. Que sorte temos de nos amar assim, Desfrutando as atrações Que o nosso corpo provoca no mundo. Há de ser muito mais que amor, Um ímã, que atrai muito mais que amor. Há de ser muito mais que amor, O nosso amor, com forças gravitacionais.

Posts recentes

Ver tudo

Banquete

vivemos desejando mais o que não temos do que o que temos. como quem chega a um banquete e só lamenta de não conseguir provar todos os pratos da mesa.